Para os amantes de produções dramáticas com uma temática histórica, Tiempos de Guerra (Tempos de Guerra) é uma excelente pedida. O seriado espanhol traz a história de um grupo de enfermeiras enviadas para atender aos soldados espanhóis feridos durante a Guerra do Rif, também chamada de Segunda Guerra do Marrocos (1921-1927). O confronto foi causado pela revolta das tribos do Rif, numa região montanhosa de Marrocos, contra as autoridades coloniais espanholas e francesas que queriam manter suas colônias no norte da África.

Designadas pela rainha Vitória Eugenia, cada uma das jovens da alta sociedade espanhola teve que abrir mão de sua vida luxuosa e seus planos pessoais para auxiliar na criação de um hospital da Cruz Vermelha, uma vez que devido aos intensos confrontos as instituições de saúde da região estavam à beira de um colapso.

Lideradas pela Duquesa Carmen de Angoloti (Alicia Borrachero), as enfermeiras com poucos meses de treinamento e que tinham visto um ferimento apenas nas imagens dos livros do curso preparatório tiveram apenas dois dias para preparar as malas e embarcarem no navio que as levaria até Melilla.

Entre as jovens estão a decida Pilar Muñiz de Soraluce (Verónica Sánchez) e a sonhadora Magdalena Medina (Anna Moliner), que veem a profissão de enfermagem não apenas um dever, mas, também, como uma realização pessoal, que é a de salvar vidas.

 

Muitas são as jovens que se candidatam à profissão, em busca de ajudar de alguma forma seu país. Tanto que em uma festa para arrecadação de fundos para os hospitais, a aristocrata Julia Ballester (Amaia Salamanca) se apresenta à duquesa, demonstrando interesse em ingressar na carreira.  A jovem faz parte de uma família espanhola bem-sucedida e que passa grande parte do seu tempo entre as aulas de piano e a espera por notícias de seu irmão Pedro e de seu noivo Andrés Paredas (Álex Gadea) que estão em batalha.

Contudo, ao receber as informações sobre o conflito, o massacre do regimento no qual eles se encontravam e o possível desaparecimento de seu irmão e de seu noivo, Julia resolve se juntar ao grupo de enfermeiras, mesmo sem ter nenhuma experiência.

Claro que seu primeiro desejo é encontrar seus entes queridos, mas com o decorrer do tempo e o convívio com o corpo de médicos, ela acaba se apaixonando pela medicina e descobrindo que realmente têm dom para desempenhar o trabalho, percebendo sua importância.

Entre amor e morte, sacrifício e dever, sorte ou desgraça, a vida de cada uma dessas mulheres é marcada pelo conflito armado. E é no ato de comprimento de seu dever que Carmen, Julia, Pilar e Magdalena irão descobrir um mundo de sofrimentos e mortes que nunca haviam imaginado. Entretanto, também perceberão o quão surpreendente é a força da mulher, da esperança, do amor, da superação e da luta pela prática da medicina, principalmente, em tempos de guerra.

 

:: Sobre a série:

Tiempos de Guerra é uma série de televisão espanhola criada por Ramón Campos, Teresa Fernández-Valdés e Gema R. Neira, produzida pela Bambú Procuções para a rede de televisão privada Antena 3. Foi originalmente lançada na Espanha em setembro de 2017 e apesar de todas as expectativas geradas em torno dela, só fizeram uma temporada. Desde o início deste ano os treze episódios estão disponíveis na plataforma Netflix. Aliás, se você quiser conhecer um pouco mais sobre os bastidores da série e, quem sabe, treinar o espanhol, é só acessar o site do canal Antena 3 – Tiempos de Guerra.

SACRIFÍCIO E DEVER EM ‘TIEMPOS DE GUERRA’
4.9Pontuação geral
ORIGINALIDADE
FOTOGRAFIA
TRILHA SONORA
ATUAÇÕES
DESENVOLVIMENTO

Comentários