Grande parte dos desenhos considerados adultos decepciona por ser apenas um compilado de piadas sujas. Aggretsuko, no entanto, foge desse estereótipo e apresenta um enredo com o qual a maioria dos jovens-adultos pode se identificar. O anime assemelha-se a Bojack Horseman por apresentar animais que agem como humanos e por ter uma abordagem diferenciada do que é normalmente voltado a adultos, mas, ainda assim, as duas animações são bem diferentes entre si, com atmosferas discrepantes, e ambas são excelentes em suas próprias propostas.

Em Aggretsuko, acompanhamos a trajetória de Retsuko, uma mulher (na verdade, uma panda-vermelha) solteira de 25 anos que trabalha no setor de contabilidade de uma empresa. Seu patrão é um porco, literal e figurativamente, e ela sonha todos os dias com o momento em que irá pedir demissão do emprego em que tanto sofre. Até que esse dia chegue, Retsuko tem que lidar com o machismo do chefe e com todas as exigências de seus superiores. Ainda assim, no exterior, ela aparenta ser uma pessoa calma e satisfeita com sua situação, mas Retsuko tem um segredo: todos os dias, ela desconta sua raiva e frustração em uma cabine de karaokê onde mostra sua paixão pelo death metal.

Durante os episódios, Retsuko encontra diversas oportunidades para mudar de vida, mas nem sempre tudo sai como o esperado. Aqui, o telespectador consegue enxergar na protagonista mais de si mesmo do que gostaria, lembrando-se de ocasiões em que passou pelos mesmos problemas que Retsuko enfrenta. No decorrer de suas aventuras, no entanto, a panda-vermelha faz duas preciosas amigas que fogem (um pouco) do seu estagnado círculo social. Assim, percebe que não está sozinha e pode compartilhar segredos e pedir conselhos quando precisa, além de se divertir em conjunto.

Não acompanhamos apenas a vida profissional e as amizades de Retsuko, mas também o início de sua vida amorosa. Em certo ponto, a protagonista apaixona-se inesperadamente e não sabe lidar muito bem com a nova situação, afinal, não consegue nem perceber quando um de seus colegas mais próximos tenta flertar com ela. É divertido observar as iniciativas de Retsuko e perceber que é difícil julgar suas atitudes quando, provavelmente, já passamos por algo parecido.

Aggretsuko, original Netflix, conta com 10 curtos e leves episódios que são um ótimo passatempo. Torcer pela felicidade de Retsuko acontece de forma tão natural que nem dá para perceber e comemorar suas conquistas é como comemorar nossos próprios triunfos. Não deixe de conferir a doçura e fúria de Retsuko que, com certeza, alegrarão até o mais cansativo de seus dias.

Comentários