Não sei vocês mas quando estou com algum bloqueio de leitura sempre recorro a contos e “O Adulto” veio na hora certa e na hora errada. “O Adulto” é um conto de sessenta e quatro páginas que foi escrito pela autora Gillian Flynn a pedido do autor George R. R. Martin (Crônicas de Gelo e Fogo, entre outros livros) para uma antologia organizada pelo mesmo e só depois foi publicado individualmente. A autora também escreveu o fenômeno “Garota Exemplar” que teve uma adaptação cinematográfica incrível, “Lugares Escuros” que também foi adaptado para as telonas e “Objetos Cortantes” que teve os direitos comprados pela HBO para a criação de uma minissérie que terá estréia em Julho desse ano e todos esses livros da autora foram publicados aqui no Brasil pela Editora Intrínseca. Por mais que eu não tenha lido todas as obras da Flynn, ela já é conhecida por mim como a autora que me atraí pelas suas histórias chocantes e que me deixa apreensiva na sua narrativa, o que não é diferente com a leitura de “O Adulto”.

O conto se inicia nos apresentando a realidade da nossa narradora sem nome e só percebi esse detalhe ao final da leitura porque a questionei com uma insanidade de “como assim moça… que não sei o nome, como isso pode ter acontecido???”. Ela nos conta sobre como chegou a suas profissões, batedora de punheta (sim, isso mesmo) e uma vidente charlatã. O conto começa pegar rumo com seu suspense meio que com uma pegada sobrenatural quando a personagem Susan aparece procurando ajuda, o que surpreende nossa narradora pois Susan tem toda uma aparência de pessoa rica, poderosa e que não cairia no golpe de vidência da nossa falsa vidente. Só que Susan está desesperada e com medo, então uma certa empatia rola por parte da nossa narradora por mais que a história de Susan sobre seu enteado pareça um pouco sem pé e nem cabeça em um primeiro momento mas depois se torna um pouco possível após as pesquisas da charlatã sobre a casa que Susan e sua família estão morando.

É um pouco dificultoso escrever resenha de um conto de poucas páginas porque você tem que se policiar ao máximo para não jogar nenhum spoiler importantíssimo e por mais que você tente não dar maiores informações a resenha parece não estar muito completa sobre o que é a história. Mas em suma, no conto “O Adulto” a autora conseguiu com sucesso me deixar que nem barata tonta da metade até o fim da história. Em certo ponto eu estava acreditando piamente que seria algo realmente sobrenatural, demônios e tudo mais. Então veio a primeira revelação que deixou tal personagem como vilão da história e por fim uma segunda revelação que oficialmente me deixou sem saber no que acreditar. E por esse final ser um pouco confuso e sem respostas concretas sobre o que diabos aconteceu? e principalmente por nossa charlatã aceitar bem a motivação do possível vilão da história, muitos leitores de “O Adulto” não gostaram desse desenvolvimento, o meu caso não foi esse porque achei a história por si só incrível e essa curiosidade que fica ao final da leitura me fez gostar muito mais de “O Adulto”, mas não nego que se o conto fosse uma história mais longa a história seria muito mais incrível porque a narrativa da Flynn causa isso, é envolvente e cheio de plot twists.

Então retomando ao ponto de ter sido uma leitura certa e errada ao mesmo tempo, é que consegui me conectar com a história com uma facilidade surpreendente a ponto de ler o conto em menos de uma hora, o que foi ruim é que o conto é finalizado com esse gostinho de quero mais e consequentemente o meu bloqueio de leitura piorou.

Se você ainda não teve tempo para ler nada da autora, indico começar a ler pelo “O Adulto”, porque há duas possibilidades. Você vai terminar o conto esperando algo a mais da autora e isso pode te motivar a ir atrás dos outros livros da Flynn e tirar a prova que a autora é ótima mesmo ou você vai gostar do conto (como eu) e isso vai te animar para ler t-u-d-o da autora. E em ambos os casos você vai sair ganhando.

A NARRATIVA ATRATIVA DE FLYNN EM O ADULTO
4.7Pontuação geral
CAPA
REVISÃO
DIAGRAMAÇÃO
ORIGINALIDADE
PERSONAGENS
DESENVOLVIMENTO

Comentários